Escola de - Parapente

inicia-te no mundo do parapente

Aqui podemos ajudar-te a progredir nas tuas competências e técnica de voo

Para poder voar um parapente de forma legal e segura, de acordo com a legislação portuguesa, é necessário obter uma licença de voo numa escola credenciada

Qualquer pessoa se pode inscrever em um curso piloto de Parapente

Na nossa escola, tornamos a aprendizagem do parapente divertida e o mais segura possível. É fácil iniciares-te num curso de piloto de parapente. Se gostarias de aprender a fazer parapente, vem treinar na mais popular Escola de Parapente de Portugal. As aulas práticas são ministradas nos nossos locais de voo, aqui ao longo das praias não muito longe de Lisboa.

Para formalizares a tua inscrição, deves cumprir os seguintes requisitos:

– Ter mais de 15 anos e menos de 65

– Preencher o formulário (Mod 04 FPVL) (licença de aprendizagem da FPVL) e Seguro anual obrigatório) = 165€.  

– Atestado médico desportivo (Faz o download do impresso aqui).

– Cópia do Cartão de Cidadão ou BI.

– Se tens mais de 15 e menos de 18 anos, também precisas apresentar um termo de autorização de responsabilidade paternal.  ( Mod. 05 FPVL ).

A inscrição e o preenchimento de toda a documentação devem ser apresentados antes da data de início do curso. Fala conosco, podemos ajudar-te em todas essas etapas facilmente.

Para quaisquer outras questões que consideres pertinentes, basta usares o formulário abaixo para entrares em contacto com a nossa escola.

Portugal Paragliding School é certificada pela:

Partilhar nas redes sociais

Entre em Contacto

Programa de Instrução Teórico

A instrução teórica estende-se por aulas ministradas em campo, nas fases iniciais do curso, procurando desde logo desenvolver a sua aplicação na prática do desporto.

Matérias em foco

* Regulamento Técnico-desportivo de Voo Livre em Parapente
* Generalidades / Nomenclatura / O voo
* Aerodinâmica / Técnica de voo / Segurança
* Meteorologia / Aerologia
* Legislação aeronáutica / Regras / Regulamentos

Licença de Aprendizagem:

Cumpre à Escola de Voo Livre solicitar à Federação Portuguesa de Voo Livre (FPVL) a emissão da licença de aprendizagem para o aluno e respectivo Seguro Desportivo (opcional caso haja seguro de coberturas idênticas ou superiores aos estabelecidos por lei). Um indivíduo que pretenda tirar um curso de parapente, só é possível ficar federado se frequentar uma escola filiada à FPVL e concluir com aproveitamento o curso. 

Dúvidas Frequentes

Sim, se ainda nunca voaste  em parapente e queres experimentar, podes fazer um Batismo de voo em Bilugar (asa para duas pessoas) com piloto credenciado para o efeito. 

Informação: 

O procedimento normal para iniciar o parapente é:

  1. Primeiro deves procurar uma escola credenciada pela Federação Portuguesa de Voo Livre (FPVL).
  2. Inscrever-te num curso – Formalizar toda a documentação necessária com a escola e FPVL.
  3. Só após tudo devidamente tratado é que o instrutor inicia a parte prática.

Nota: Em toda a formação prática tem que estar presente o instrutor.

Não adquiras nenhum material de parapente, muito menos utilizá-lo, sem se aconselhar primeiro com um instrutor credenciado.

Para poderes frequentar um curso de parapente, a idade minima deve ter no mínimo 16 anos de idade e menos de 65. Se menor de idade, terá que apresentar uma autorização paternal.

Para iniciar este desporto, como quase todos os outros, desportos federados, é necessário um atestado médico-desportivo favorável, que certifique a aptidão física e mental para a prática do parapente.

 Requisitos de acesso:

“Para poderes inscrever-te num curso inicial de piloto, deverás  como candidato satisfazer, cumulativamente, as seguintes condições:

  • Ter um mínimo de 16 anos;
  • Ser titular de um documento de avaliação médico-desportiva com decisão médica favorável, válido de acordo com a legislação em vigor, que ateste a sua aptidão física e mental para a prática do Parapente;
  • Apresentar uma autorização paternal, se for menor”  (RIT, 2020, p. 13).

1 Fotocópia do BI ou Cartão de Cidadão e do cartão de contribuinte.

2 Fotografias (tipo passe)

1 Boletim “Exame Médico Desportivo”

 Atestado médico de robustez física para a prática do parapente. (nós disponibilizamos o boletim aqui)

1 Ficha de Praticante (form_mod04vl_2014 FPVL), solicitando a emissão da Licença de Aprendizagem.

1 Se é menor de idade, uma declaração (form_mod05_2021) de autorização do encarregado de educação.

Se estás interessado/a em fazer o curso de parapente: (Inscreve-te aqui)

É sempre difícil prever a duração exata do curso, porque depende de vários fatores como a meteorologia ou da disponibilidade do formando. A formação normalmente decorre durante todos os dias da semana.

Como só pode haver atividade prática se houver condições (meteorológicas) de segurança para o fazer, a Portugal Paragliding  está a desenvolver um projeto onde dedica esse tempo às aulas teóricas presenciais e online (Blended learning) durante a semana.

Nota: só deve haver formação prática quando as condições meteorológicas, físicas e psicológicas estiverem adequadas para a prática de parapente em segurança, bem como o equipamento e a inscrição na Federação Portuguesa de Voo Livre (FPVL).

 

O curso está dividido em duas componentes Prática e Teórica. As aulas práticas onde o aluno faz a sua abordagem aos equipamentos e conceitos de voo livre em parapente. Inicia a componente prática com o controlo da asa e inflados no solo. Depois de dominar a técnica de inflado fará os seus primeiros voos, sempre de curta duração, de uma duna ou falésia para a aterragem. Com o aprofundamento das competências irá chegar à última fase de permanência em voo planado. Em simultâneo irá recebendo a componente de formação teórica, que será aprofundada nas aulas em sala. (ver detalhes sobre a estrutura do curso)

A formação decorre normalmente no litoral nas praias das Bicas, Meco e Lagoa de Albufeira em Sesimbra e na Fonte da Telha em Almada. Outras zonas de escola e treino avançado dependendo das condições de vento são também a Praia de Santa Cruz, Santa Rita, Lagoa de Sizandro. Mais a Sul nas praias de Aberta Nova e Pinheirinho. Também no interior (fase final e nível 2),Castelo de Vide, na Serra da Estrela: Vale de Amoreira, Linhares da Beira Embora também possa realizar-se noutros pontos como: Serra do Larouco – Montalegre e muitos mais locais de voo.

 

Não tens que adquirir nenhum equipamento para o curso, a escola disponibiliza o equipamento necessário para a formação.

A aquisição do equipamento se o entenderes faz sentido principalmente durante a segunda metade da formação, altura em que podes começar a fazer os teus primeiros voos e a adaptares-te à sua nova asa de parapente e/ou arnês.

Por uma questão de conforto e segurança aconselha-se o uso botas de montanha (ou similares), roupa quente que permita liberdade de movimentos, óculos de sol, protetor solar, luvas e água.

Nota: Nunca compres material de parapente sem te aconselhares com pessoas certificadas/experientes e da tua confiança.

Parapentes novos podem custar de 1700 a 4000€, o arnês entre 350 a 1700€, capacete de 50 a 300€, paraquedas de reserva de 350 a 900€. 

O equipamento usado pode custar desde 750€, dependendo da idade e qualidade do produto. 

É importante asseguraras-te sempre que o equipamento é apropriado para o teu nível de voo piloto. Em termos gerais o equipamento para iniciantes é sempre mais barato do que o de alta performance ou competição.

A maioria das escolas fornecem equipamento de qualidade que foram sujeitos a testes de certificação ou inspeções periódicas antes da sua comercialização. 

O instrutor é a pessoa que poderá analisar melhor as tuas capacidades. 

Depois de tirares o curso, aconselha-te com ele para saber qual o equipamento que deves comprar.

Nota: Nunca deves comprar material de parapente sem te aconselhares com pessoas certificadas/experientes e da tua confiança.

Se estás interessado/a em fazer o curso de parapente: (Inscreve-te aqui)

Podes também falar com a equipa de formação através dos nossos Contactos.

 Conversa com os instrutores, pois a empatia entre o piloto e instrutor é muito importante, desta forma todos saem a ganhar.

 

O valor do curso de parapente nível 1 (piloto autónomo), é de 800€, + seguro 120€, + licença 45€ de aluno e atestado médico desportivo (fale connosco).      

Podes começar por um “batismo de voo” (adaptação) = 80€ (valor “abater” no curso).

Breve descrição do curso de parapente

Estrutura

O curso de nível 1 é composto por 3 etapas: Iniciação, Consolidação e Autonomia. No final da 3ª etapa o aluno submete-se ao exame teórico da responsabilidade da FPVL e que lhe conferirá a qualificação de piloto autónomo em ascendente dinâmica e o nível 3 da licença Internacional IPPI.

O Programa de instrução e tem uma carga horária mínima total de 37 horas para Voo Livre, sendo por disciplina:

a) Legislação Aérea e Procedimentos ATC — 10 horas;  

b) Conhecimentos Gerais de Aeronaves — 4 horas;

c) Comportamento e Limitações Humanas — 3 horas;

d) Meteorologia — 8 horas;

e) Procedimentos Operacionais — 6 horas;

f) Princípios de Voo — 6 horas;

Requisitos de acesso ao curso de Piloto Nível 2

Para acesso à formação avançada com vista à obtenção da licença com habilitação para o voo em viagem, ascendência térmica no caso do voo livre, (N2), o piloto sem habilitação para o voo em viagem, (N1), tem de demonstrar, através dos registos da sua caderneta de voo, ter efetuado um mínimo de 20 horas de voo local, em ascendência orográfica no caso do voo livre, como piloto comandante na classe de aeronave pertinente.

Etapas de desenvolvimento nas modalidades de Voo Livre

Etapa 1: Manobras no solo, voos curtos, de altitude e iniciação ao voo local e sem ascendente
térmica
Etapa 2:
Voo local e sem ascendente térmica
Etapa 3:
Formação avançada
Etapa 4:
Voo em viagem (com ascendente térmica para o voo livre)
Etapa 5:
Voo especializado

Comparação entre SAFEPRO PARA e o esquema IPPI CARD

O CIVL International Pilot Proficiency Information (IPPI Card) reflete a proficiência do piloto e fornece uma referência padrão pela qual todos os programas nacionais de classificação podem ser comparados. O Cartão IPPI é baseado em padrões de segurança e treinamento definidos no programa SafePro.
Para o piloto que voa fora de sua área conhecida ou local, é um método fácil de fornecer prova de experiência e proficiência de voo. Quando um piloto viaja para o exterior, o Cartão IPPI   identificará as competências do piloto. O Cartão IPPI é válido apenas em conjunto com uma licença nacional atual ou cartão de classificação.

A progressão da aprendizagem consiste em cinco etapas, do básico ao avançado. Também divide os participantes em alunos, que devem voar sob a supervisão de instrutores, e pilotos autónomos que podem voar sem supervisão.

IPPI 1. Aluno. Técnicas no solo (ground handling).
IPPI 2. Aluno. Altitude Gliding (altitude e espaço para fazer manobras, sem planar)
IPPI 3. Piloto. Voo Ativo (preparação para técnicas de turbulência, recuperação e descida…)
IPPI 4. Piloto. Voo tanto em encosta ascendência dinâmica (soaring) como em ascendência térmica.
IPPI 5. Piloto sénior Domina uma ou mais práticas avançadas.
Aqui pode comparar as classificações equivalentes entre FAI IPPI, APPI e BHPA:

FAI. Internacional APPI. Internacional com exceções BHPA. Para cidadãos do Reino Unido
IPPI 1 Ground Skimming APPI 1 Discover Student
IPPI 2 Altitude Gliding APPI 2 Explorer Elementary Pilot
IPPI 3 Voo Ativo APPI 3 Piloto Clube BHPA Piloto
IPPI 4 Soaring APPI 4 Intermediário Piloto BHPA
Piloto Sênior IPPI 5 Piloto Avançado APPI 5 Piloto Avançado BHPA

Aqui você pode comparar as classificações equivalentes entre FAI IPPI, APPI e BHPA:

FAI. InternationalAPPI. International com exceçõesBHPA. Cadadãos UK
IPPI 1 Ground SkimmingAPPI 1 DiscoverStudent
IPPI 2 Altitude GlidingAPPI 2 ExplorerElementary Pilot
IPPI 3 Active FlyingAPPI 3 PilotBHPA Club Pilot
IPPI 4 SoaringAPPI 4 Intermediate PilotBHPA Pilot
IPPI 5 Senior pilotAPPI 5 Advanced PilotBHPA Advanced Pilot